AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Projeto do Sinplast-RS vence etapa nacional do 1º Prêmio de Boas Práticas Sindicais da CNI

Prêmio

O Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Rio Grande do Sul (Sinplast-RS) conquistou o 1º Prêmio Nacional de Boas Práticas Sindicais, entregue pela CNI nesta terça-feira (3), em Brasília, durante o Encontro Nacional da Indústria. O Sinplast-RS, concorrendo com o case  Criação de Instituto para Valorização do Plástico, foi finalista por ter vencido a etapa regional, organizada pela FIERGS, em junho, e disputou a fase nacional com ganhadores de outras 21 federações industriais do país. O prêmio foi entregue pelo presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry, ao presidente do Sinplast-RS, Edilson Deitos. “O plástico hoje vem sendo apontado como o grande vilão. Na realidade, o grande vilão são as atitudes incorretas dos usuários finais. Todo esse programa que estamos desenvolvendo e inclusive compartilhando com outros sindicatos brasileiros é com o objetivo de mostrar que o plástico pós-consumo tem seu valor e pode fazer o bem”, ressaltou Deitos, durante a cerimônia, lembrando que a criação do Instituto Sustenplast e seus respectivos programas, como o Tampinha Legal, foi uma iniciativa do sindicato perante a modernização das leis trabalhistas, “tendo em vista que o maior investimento, hoje se dá em ações em defesa da imagem do plástico”, disse Deitos.

A distinção teve como objetivo premiar atividades que gerem sustentabilidade sindical, fato que ocorreu com a criação do Instituto Sustenplast, que passou a assumir os dispêndios, por meio de patrocinadores, mantenedores e acesso a leis de incentivo, que o Programa Sustenplast desenvolvia com recursos do orçamento anual do sindicato.

INSTITUTO SUSTENPLAST
Lançado em 2017, o Instituto Sustenplast tem como objetivo promover a imagem do plástico perante à sociedade. Entre suas iniciativas, está o Tampinha Legal, que promove a valorização do plástico pós-consumo via coleta de tampas para a reciclagem. O programa reúne mais de cem entidades beneficentes cadastradas, que coletam as tampas e encaminham a indústrias recicladoras, gerando recursos financeiros às instituições. Segundo Deitos, já foram distribuídos R$ 170 mil às entidades.  O Instituto é presidido pelo industrial Alfredo Schmitt e conquista para o Sinplast-RS esse destaque nacional, que tem a meta de premiar atividades que gerem sustentabilidade sindical.


Crédito foto: Miguel Ângelo