AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

relações internacionais

A Missão Governamental, Institucional e Empresarial à Coreia do Sul finaliza nesta sexta-feira com a confirmação de empreendimentos de empresas daquele país no Rio Grande do Sul e a possibilidade da concretização de outros futuros investimentos. O Grupo Hyundai anunciou que instalará uma fábrica de elevadores, em cidade ainda a ser escolhida. A expectativa é pela criação entre cinco mil e 15 mil empregos.

Representantes do Conselho de Embaixadores da Liga Árabe estiveram na sede da FIERGS, nesta quarta-feira, para tratar da aproximação comercial destes países com o Brasil. Participaram do encontro integrantes do Catar, Tunísia, Egito, Arábia Saudita, Sudão, Iraque, Kwait, Argélia, Síria, Líbano, Marrocos, Omã, Jordânia e do Estado da Palestina.

Abrir novas fronteiras comerciais com a Coreia do Sul e conhecer as experiências tecnológicas e educacionais dos coreanos são os objetivos principais da primeira missão oficial que o governo do Estado organiza para o país asiático. Liderada pelo governador Tarso Genro, a comitiva gaúcha fará a viagem entre 27 de maio e 4 de junho. A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) apoia a iniciativa e responde pela participação do grupo empresarial. O lançamento oficial da iniciativa ocorreu na segunda-feira (18), no Palácio Piratini.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) liderou a participação de mais de 300 empresários em missão empresarial brasileira à República Popular da China. A iniciativa foi organizada por ocasião da visita da presidente Dilma Rousseff ao país e teve como objetivo estimular o fortalecimento das relações comerciais e o potencial dos investimentos existente nas duas nações. O presidente da FIERGS e do Conselho de Integração Internacional da CNI, Paulo Tigre, integrou o grupo.

Uma delegação de Botsuana, chefiada pelo embaixador daquele país no Brasil, Diabi Mmualefe, apresentou na manhã desta sexta-feira, na FIERGS, as oportunidades de negócios na nação considerada a "Suíça Africana". Representantes de empresas gaúchas conheceram os principais atrativos do ex-território britânico, por aspectos como os baixos índices de corrupção, segurança jurídica, alto PIB per capita e estabilidade política, considerados privilegiados em relação aos vizinhos do continente.

Mmualefe fez questão de enfatizar que o país é jovem.

Na área de comércio exterior, os acordos comerciais do Brasil com o México e do Mercosul com a União Européia estão entre as prioridades da indústria do Rio Grande do Sul para o ano de 2011. Para tratar do tema, o diretor do departamento da Aladi e Integração Econômica Regional do Ministério das Relações Exteriores, Paulo Roberto França, se reuniu nesta segunda-feira, dia 24, com o presidente da FIERGS, Paulo Tigre e também participou de um encontro de trabalho com representantes de 11 setores da economia gaúcha.

O cônsul-geral da Grã-Bretanha no Brasil, John Doddrell, esteve na FIERGS na terça-feira (14) para participar de uma reunião com o coordenador do Comitê de Competitividade em Petróleo, Gás e Energia (CCPGE) da entidade, Marcus Coester. Em pauta, a aproximação entre o Rio Grande do Sul e o país europeu na área petrolífera, e um balanço da missão gaúcha à Newcastle (Inglaterra) e Aberdeen (Escócia), ocorrida em junho de 2010. A ideia é dar sequência às ações de aproximação com o Reino Unido.

O Salão Internacional de Alimentação − Sial Paris 2010, que começou no domingo (17) e terminou na quinta-feira, no Parque de Exposições Nord Villepinte, na França, deve contabilizar em seu balanço final negócios de US$ 1,1 bilhão para as empresas brasileiras participantes. A estimativa é da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex/Brasil). O País esteve representado por 134 empresas, 30 delas lideradas por uma comitiva organizada pela FIERGS, com coordenação do Centro Internacional de Negócios (CIN-RS).

As inscrições para o 5º Encontro Nacional da Indústria (Enai), que acontecerá, em São Paulo, nos dias 1º e 2 de dezembro, já começaram e vão até dia 25 de outubro. Podem participar dirigentes sindicais industriais, presidentes de federações e industriais do País. A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) está liderando a comitiva gaúcha.

A missão brasileira que participará do Salão Internacional de Alimentos e Bebidas − Sial Paris − contará com 30 empresas, sendo 20 delas do Rio Grande do Sul. O evento, um dos mais importantes do segmento, será realizado na França de 15 a 23 de outubro de 2010.